top of page

  Doutrina? O que é? Qual a sua importância para a Igreja hoje?

                                                        

 Pr. Valdemir José de Matos

                                                                                                                Bíblia King James
 

   Doutrina/Ensino do Grego διδασκαλίᾳ.

              “Mas fala o que se torna em sã doutrina”:Tito 2.1


              “... Guardando firme a palavra fiel como ele foi ensinado, para que ele possa, pela sã doutrina, exortar e convencer os que contradizem”.Tito 1:9

 

          Em nossos dias há uma grande confusão quanto ao termo doutrina nas igrejas evangélicas. Cada denominação acredita que pode legislar/doutrinar de acordo com suas experiências humanas sociais, culturais e até (pasmem) místicas.

        Quando se fala em doutrina logo se referem à, por exemplo, paletó e gravata, saia comprida, não usar shorts nem brincos, pulseiras, maquiagem, camiseta regata etc..Isto é o que pensam a maioria dos crentes principalmente entre nós Pentecostais a respeito de doutrina. Você já ouviu a pergunta: sua igreja tem doutrina? Igrejas que não praticam o que citei acima são chamadas de “igreja sem doutrina”.  QUE ABSURDO!!!

 

                Por isso que se faz necessário uma abordagem teológica direta a respeito para nossa aprendizagem.

 Para melhor entendimento iniciaremos com a definição do que é doutrina segundo o Aurélio:

Significado de Doutrina

substantivo feminino

Reunião dos fundamentos e/ou ideias que, por serem essenciais, devem ser ensinadas. Reunião dos preceitos básicos que compõem um sistema (religioso, político, social, econômico etc.).[Política] Reunião dos preceitos utilizados por um governo como base para sua ação (social ou política).[Por Extensão] Sistema que uma pessoa passa a adotar para gerir sua própria vida; norma, regra ou preceito.O conjunto do que se utiliza para ensinar; disciplina.[Religião] Crença ou reunião das crenças que são tidas como verdadeiras pelas pessoas que nelas acreditam; os dogmas relacionados à fé cristã; catecismo.[Jurídico] Reunião daquilo (ideias, opiniões, pensamentos, pontos de vista etc.) que é utilizado como base para formulação de teorias (exame ou análise) no âmbito jurídico; regra que, resultante de uma interpretação, é utilizada como padrão no exercício prático de uma lei.Etimologia (origem da palavra doutrina). Do latim doctrina.ae.

https://www.dicio.com.br/

 

               Ora em todos os aspectos da vida humana existem doutrinas. Nos colégios escolares há horário determinado até para ir ao banheiro (salvo exceções, claro).

Nos quartéis até mesmo a forma de se apresentar perante um oficial superior é estabelecida rigidamente com punição pra quem desobedece.

Nos meios políticos existem expressões de como se deve dirigir-se aos seus pares e outras aos seus líderes.

             Até mesmo nos lares por mais simples que seja no aspecto econômico ou cultural existem regras, por mínimas que sejam.

Estas doutrinas/regras têm como base leis (normas) internas (estabelecidas somente pela consciência) ou externas ( estabelecidas pela sociedade ou o meio em que vivem), regimentos, estatutos, normas de conduta etc..

 

           A diferença é que a igreja foi fundada por Cristo para ter como constituição 1 verbal e plenária as Sagradas Escrituras. Como a igreja reconhece as Escrituras Sagradas como nossa única regra de fé e prática, obviamente que todo o ensino cristão deve se pautar pelas Escrituras somente, ou seja, ser baseada, alicerçada, embasada no Novo Testamento, pois é um absurdo estabelecer doutrina para a igreja baseado no Antigo  2 Testamento que foi diretamente escrito para os judeus (povo de Israel) Salvo informações e algumas profecias com relação ao tempo da igreja que devem ser confirmadas pelos apóstolos no NT.

         1 Falaremos sobre as teorias de Inspiração das Escrituras oportunamente em outro estudo.

          2 Sobre esta diferenciação entre Antigo Testamento e Novo Testamento para a igreja está no índice de estudos.

 

         I Tm 4.16 “Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina; continua neles; porque, fazendo isso, ambos os salvarás, e os que te ouvirem”.

       

Apesar de muitos cristãos acharem sem importância as doutrinas bíblicas para nossos dias, como citado, ela salva quem ouve e as pratica, bem como toda a Palavra de Deus.

Podemos entender que doutrina são conjuntos de regras, preceitos, normas, condutas que nos foram ensinadas pelos apóstolos para a igreja, corpo de Cristo durante todo o tempo que militar na terra.

Temos assim (igreja) orientações de como nos comportar neste mundo, em diversos aspectos da vida humana. Isto é santificação, pois Jesus disse: “ Jo.17.17 “Santifica-os pela tua verdade; a tua Palavra é a verdade”.

Ap 22.11 “Quem é injusto, faça injustiça ainda: e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, santifique-se ainda”.

 

Você deve se questionar: Este ensino, doutrina que minha denominação pratica tem bases sólidas no Novo Testamento? Como surgiu? Quem o determinou e porque, para que? Converse com seus líderes, pois as Escrituras nos apresentam 3 tipos de doutrina:

 

          Doutrinas de Deus: Embasadas nas Escrituras ensinadas pelo Espírito Santo através dos Apóstolos (NT) para edificação, santificação e salvação da igreja, o corpo de Cristo em todos os tempos aqui na terra.

I Tm 4.16 “Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina; continua neles; porque, fazendo isso, ambos os salvarás, e os que te ouvirem”.

 

          Doutrinas de homens: Ensinos culturalmente estabelecidos que  não tem valor de edificação e santificação nem salvação, servindo apenas para refletir as imposições dos líderes ou a visão de mundo servindo apenas para a satisfação da carne.

Cl 2.20 ”Considerando que morrestes com Cristo para as tradições humanas e a falsa religiosidade deste mundo, por que vos sujeitais ainda a tais ordenanças como se pertencêsseis a este sistema de valores? Não mais obedeçais a regras como estas: 21“Não toques!”, “Não proves!”, “Não manuseies!” 22 Todas essas regras estão destinadas a desaparecer pelo uso, pois se baseiam em ordenanças e ensinos meramente humanos. 23 Esses regulamentos têm, de fato, aparência de sabedoria, com sua pretensa religiosidade, falsa humildade e rígida disciplina para com o corpo, mas não têm valor algum para refrear as paixões da carne”.

 

         Doutrinas de demônios. Satanás, Diabo (pai da mentira) influencia diretamente os ensinos para contrariar as Escrituras, induzindo a igreja (apóstata) ao erro e a perdição.

ITm 4.1”O Espírito Santo afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns se desviarão da fé e darão ouvidos a espíritos enganadores e à doutrina de demônios, sob a influência da hipocrisia de pessoas mentirosas, que têm a consciência cauterizada. São líderes que proíbem o casamento e ordenam a abstinência de alimentos que Deus criou para serem recebidos com ações de graças pelos que são fiéis e estão bem firmados na verdade. Pois tudo o que Deus criou é bom, e, nada deve ser rejeitado, se puder ser recebido com ações de graças. Porquanto é santificado pela Palavra de Deus e pela oração

 

O objetivo não é despertar rebeldia, mas sim reflexão sincera e amorosa de nossas práticas evangélicas doutrinárias a fim de glorificar nosso Senhor Jesus.

                                   

                                           

                                      De seu eterno aprendiz Senhor Jesus,... Valdemir!

bottom of page